Integrante do Ribombo reitera convite para prestigiarem série especial do podcast

Por Rafael Simione Paiva em 20 de novembro de 2020

Há uns dias atrás, me foi solicitado via WhatsApp, pela diretoria (Felipe), para que eu escreve um texto de chamamento para a série de podcast produzida sobre a professora rio-grandina de francês Lyuba Duprat e, também, após o lançamento dos episódios, que eu escrevesse um texto expondo e compartilhando minhas impressões sobre o trabalho em conjunto com a Olivia Nery – sim, eu recebi o material antes de vocês, tive esse privilégio.

Assim, após ter escutado os podcasts e ter escrito o texto de chamamento, para um final de semana tranquilo (ou mais transquilo) restou-me fazer esta última tarefa, então, abaixo seguem-se algumas reflexões, que na verdade estão mais para devaneios, acerca do material em áudio.

Primeiramente, ouvir os podcasts me ajudou a ter um contato mais aprofundando com a Lyuba Duprat, figura que eu só havia ouvido falar apenas uma vez, e por incrível que pareça, não me lembro onde. Talvez tenha sido pela própria Olivia, da primeira vez que participou de um podcast com a gente, ou talvez não tenha sido. O mais sensato talvez seja eu aceitar os conselhos da minha queria mãe e ir atrás de realizar algumas consultas médicas, algo estranho à mim vem comprometendo minha memória há um tempo e eu preciso descobrir o que é.

Retornando ao foco do texto, conhecendo um pouco mais da história de vida de uma professora que lecionou por 75 anos, fui transportado à alguns momentos de meu passado em que me deparei com figuras de certo modo parecidas com Lyuba Duprat. Ao ouvir os depoimentos de alguns ex-alunos dela, onde através desses relatos fica claro que se tratava de uma professora “carrancuda”, exigente, mas que em mesma proporção meiga e disposta a ajudar os alunos com suas dúvidas, me encontrei em ocasiões de meu período escolar, sobretudo no que diz respeito as diretoras com que tive alguns embates disciplinares, mas isso é assunto para outro momento e para meu blog pessoal que se encontra em vias de ressuscitar.

Prosseguindo então, conforme foram passando os episódios e abordados alguns elementos pertinentes à professora Lyuba, uma outra série de memórias afetivas foram revividas, muitas referentes à minha finada vó (paterna), como a cadeira em que sentava para costurar suas coisinhas, para tricotar alguma peça de vestimenta para seu sofá ou para a televisão; ou então suas panelas permanentemente bem ariadas e sempre junto de seus conjuntos; e mesmo as balas que ficavam meses na geladeira esperando serem consumidas quando a glicose dela caia por causa da diabetes. Entre tantas outras vinculadas a objetos dela.

Em síntese, o que se presencia ao longo do deleite dos podcasts é, por parte dos indivíduos que puderam ter contato com ela ainda em vida, memórias de sua professores repletas de afetividade e, por parte daquelas que não tiveram oportunidade de conhecê-la pessoalmente, gerou-se uma afetividade mediada pelos objetos em que permaneceram as memórias de Lyuba Duprat, objetos esses que, também, nos ajudam a traçar um perfil de quem foi essa pitoresca figura de Rio Grande.

Por fim, antes de começar a me embananar todo na escrita e fugir do assunto, resta-me recomendar que ouçam essa série, são apenas 5 episódios e um sexto de making of, todos eles bem rápidos de se ouvir mas talvez não tão rápido assim de se absorver, dado a carga emocional que é sentida por quem ouve a narração da Olivia Nery, os depoimentos de ex-alunos e alunas e, também, a própria Lyuba Duprat. Então, se valer alguma coisa para quem ler esse texto, a série recebe o SRQR (Selo Rafael de Qualidade e Recomendação), e vejam bem, é o voto de um cara que ainda não é chegado nos podcasts mas que, ouvir materiais dessa qualidade, torna bem mais fácil esse processo de adaptação.


Escrito por: Rafael Simione Paiva

Graduando em História (FURG). Tema de pesquisa: A potencialidade da Educomunicação no Rap Paulista.

Redes sociais


Textos de Apoio


O Ribombo organiza encontros quinzenais para discutir seus temas de pesquisa e elaborar novos projetos no campo da EA. Clique no botão para ir à página dos textos de apoio de cada reunião

Parceiros


logo furg
logo ppgea

Colunistas