Documentário “Eu sou pescadora”

Por Rafael Simione Paiva em 8 de outubro de 2020

Mais um documentário focando na atividade pesqueira, mas desta vez, diz respeito à vida das mulheres pescadoras e marisqueiras. Abarcando os elementos que permeiam esse universo da pesca feminina e que muitas vezes se chocam por historicamente se construírem de maneira a parecerem e se normalizarem como contraditórios.

Assim sendo, o documentário apresenta uma das categorias que surgiram a partir da pesquisa do projeto Impactos Na Pesca: a questão de gênero. Com isso, mulheres pescadoras do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul falam sobre os enfrentamentos de seu ofício com a pesca artesanal, problemas esses envolvendo o machismo, a falta de reconhecimento por parte da família, por colegas de profissão, outras categorias e do Estado.

As pescadoras entrevistadas falam sobre seus cotidianos, envolvendo o trabalho, a casa, desavenças com familiares, e até sobre discriminações sofridas por profissionais de outras áreas, como da saúde, seguindo exemplo dado por uma das pescadoras. Conflitos com homens pescadores são abarcados igualmente no documentário, sendo apresentados através dos relatos das mulheres que exercem a atividade pesqueira.

O documentário conta com apoio do Projeto de Educação Ambiental Mulheres na Pesca, da UENF (Universidade Estadual do Norte Fluminense) e conta mais uma vez com a participação da Rachel Hidalgo, integrante do Ribombo e envolvida na produção do filme.


Escrito por: Rafael Simione Paiva

Graduando em História (FURG). Tema de pesquisa: A potencialidade da Educomunicação no Rap Paulista.

Redes sociais


Textos de Apoio


O Ribombo organiza encontros quinzenais para discutir seus temas de pesquisa e elaborar novos projetos no campo da EA. Clique no botão para ir à página dos textos de apoio de cada reunião

Parceiros


logo furg
logo ppgea

Colunistas